sexta-feira, 1 de outubro de 2010

PATENTES DE ENERGIA RENOVÁVEL

A inovação em tecnologias de energia renovável está concentrada em seis países - Japão,Estados Unidos,
Alemanha,Coreia do Sul,França e Reino Unido....

UMA BOA NOTÍCIA SOBRE PREÇO DO TRIGO

Trigo.

OS SALTIMBANCOS

Quadro de R.Ribera.http://purl.pt/6147/1/

POEMAS DE FAZER CHORAR AS PEDRAS DA CALÇADA

Poemas.

POR UM FIO

A que um pobre estava sujeito. Para fugir de médicos de porta aberta,...

ATROPELOS

Todos queriam ser os primeiros,pelo que não tinham conta os atropelos.

DE PÉ

Numa freguesia em que dominava o deitar a baixo,era de esperar ver muito pouca coisa de pé.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

DINAMARCA LIBERTA DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS EM 2050

A descida do custo de energia renovável...

VERÃO

Verão.

SER POETA

Ser poeta é ser mais alto,é ser maior...

SACO DE VITÓRIAS

A plataforma da estação quase não consentia mais um....

AO MESMO

Não havia por onde escolher,pois ia tudo dar ao mesmo.

UMA VEZ

Com tanta encruzilhada,pode ser que se acerte,pelo menos,uma vez.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

BOULANGERIE POILANE - PARIS

From Paris.

"HISTÓRIA DA RESISTÊNCIA TIMORENSE"

O Centro Cultural Português em Brasília apresenta no dia 30 de Setembro...

ENERGIA SOLAR E EÓLICA

"A continuidade da pesquisa e desenvolvimento no campo das energias alternativas...

DESSALINIZAÇÃO DA ÁGUA DO MAR

"O consumo de água doce no mundo cresce a um ritmo superior ao do crescimento da população...

VENDEDOR DE CESTOS E CONDEÇAS,EM LISBOA

João Palhares,ca 1810-ca 1890.

"CAMPANHA DA POEIRA"

"Foi em 26 de Maio de 1823 que se deu o movimento...

AQUELA PLACA

Seria aquilo fruto de uma lenda,de um mero desejo,talvez de uma prosápia....

OUTRO MUNDO

Quando se vai buscar lã e não se fica tosqueado,é coisa de outro mundo.

À PROVA

Se ele fosse rico,seria uns mãos largas,como se lhe ouvia. Era caso para o pôr à prova.

O PROBLEMA

O berço dá,a tumba o leva. Quer dizer,o problema,aqui,é o berço,pois a tumba tudo resolve.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

O GELO DO ÁRTICO ENCOLHE

Este fenómeno está no centro das atenções...

GRANDE MURALHA VERDE

A Grande Muralha Verde,como é conhecida a floresta artificial...

O OUTONO

José Joaquim Lopes,ca 1790-1863.

PALAVRAS AOS VELHINHOS

Ó moços de outra era ! ó trémulos velhinhos!...

OS SEUS VIZINHOS

Aquilo não fora um mero elogio,mas apenas um simples comentário....

OS OBJECTOS

Os anos passavam,mas podia dizer-se que nada mudava,nem os objectos,nem quem vinha vê-los e admirá-los.

BRAÇOS

Os gestos eram sempre os mesmos,apenas mudavam os braços,incluindo,claro,os caídos.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

RENOVÁVEIS PARA SUPERAR A CRISE

A Espanha é um dos primeiros produtores...

CASA DOS PATUDOS,ALPIARÇA - PORTUGAL

"O imóvel da autoria do Arqt. Raul Lino...

COMO PREVENIR A INEVITÁVEL MUDANÇA CLIMÁTICA

Os desastres naturais são mais frequentes e ferozes na Ásia meridional...

RAPTO DE EUROPA

Europa.

CHEGAR AO MILHÃO

À direita,sentara-se um casal de muita idade....

UM PASSO

Eram dos tais que só davam um passo de que resultasse  ganho.

NADA FEITO

Os encontros estavam-se sempre a adiar,pois cada um queria ser o primeiro,e enquanto não se sentissem preparados para isso,nada feito.

FEIJÕES

Fora aquele um tempo para esquecer,um tempo em que se queria ganhar todos os jogos,nem que fossem a feijões.

domingo, 26 de setembro de 2010

COMER E MOVIMENTAR

A população mundial vai aumentando,e aumentado,também,o seu nível de vida,ainda que com manchas de pobreza,crescendo,assim,a procura de alimentos e de energia,parte dela proveniente de bens alimentares. Há, portanto ,necessidade de dar maior expressão às produções,quer recorrendo a maiores produtividades das culturas,quer expandindo as áreas cultivadas,desflorestando ou arroteando matos. Maiores produções implicam,pelo menos,mais gasto de adubos. Maiores produtividades são pedidas,também,por melhor nível de vida dos produtores. 
Enquanto houver,pois,necessidade de comer e de movimentar,o que há a fazer  é  dar satisfação a essa procura cada vez mais generalizada e igualitária,garantindo uma permanente existência de meios.

SEM VOLTAR PARA TRÁS

Teria sido ali que nascera o da primeira volta ao mundo.

PERSONALIDADE

Ter,ou não ter,modela,de algum modo,a personalidade.

COISAS

Dizia ele,ainda bem que não era rico,lá por coisas,e ,continuava ele a dizer,ainda bem que pobre não era,lá por outras coisas. Quer dizer,no primeiro caso,estavam verdes,no segundo,ainda bem que não era.

SOMBRA

Um,ou uma,que tenha ido desta para melhor,já não faz sombra.

sábado, 25 de setembro de 2010

BERINGELA GENETICAMENTE MODIFICADA

Aprovada por seis instituições científicas da Índia,pela sua resistência a ataque de insecto.

A CULTURA DO ARROZ E A VIDA SELVAGEM

A cultura do arroz,para além de fornecer um dos alimentos de maior consumo no mundo,tem vantagens ambientais. 

ACORDO PARA A CRIAÇÃO DE ZONAS PROTEGIDAS NO ATLÂNTICO NORDESTE

Acordo europeu.

DUDDON VALLEY,LAKE DISTRICT - REINO UNIDO


Do Flickr,por vtveen

RICOS OVOS

Era um espécie de galinha de ovos de oiro....

CONFIANÇA

À sua volta,e mesmo mais longe,via muita coisa,mas,de todas elas,era uma carestia de confiança que mais se notava.

TRISTEZAS E DÍVIDAS

Quem o ouvisse,parecia estar ele muito alegre,muito satisfeito com a sua vida. Seria,então,uma alegria de palhaço pobre. De resto,tristezas não pagam dívidas.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O ÁRTICO PRESO EM UM CICLO VICIOSO

Cada vez mais quente,o Oceano Ártico...

O JARDIM LINNAEUS

É uma reconstrução do Jardim Botânico da Universidade de Uppsala...http://www.linnaeus.uu.se/tradgardsvandring/indexEng.php

PROEZAS

O homem tinha já uma conta calada de vinho no bucho e a cara estava um tanto amolgada....http://alguresnestevale.blogspot.com/2008/06/proezas.html

EM BELEZA

Restava-lhe uma meia dúzia de tostões. E apeteceu-lhe gastá-los numa extravagância. Quer dizer,acabou em beleza.

NÃO SE PODE TER TUDO

Está a ver isto? Não é um rico invento? Sim,já o conhecia,mais um,a somar-se a muitos outros. Pena é que não apareça o da fraternidade. Sabe,não se pode ter tudo.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O MAIOR PARQUE EÓLICO MUNDIAL "OFFSHORE"

O parque Thanet, no sul do Reino Unido .http://www.guardian.co.uk/environment/2010/sep/23/thanet-windfarm-bright-future-green-industry

REDUÇÃO DO PREÇO DO TRIGO

Por cancelamento de encomendas pelo  Egito e outros países.http://www.bloomberg.com/news/2010-09-23/wheat-falls-to-three-week-low-as-egypt-other-buyers-cancel-u-s-shipments.html

AUMENTAR A PRODUÇÃO DE BATATA

No Bangladesh,para aliviar a pobreza.http://www.thefinancialexpress-bd.com/more.php?news_id=110900&date=2010-09-02

BATATA SEM AMILOSE

Só com amilopectina,portanto,mais adequada à indústria..http://www.fwi.co.uk/Articles/2010/09/01/123105/Second-GM-starch-potato-looks-for-European-approval.htm

AS PROMESSAS - JOSÉ MALHOA

As promessas.

A PROMESSA

Era dia de procissão da Senhora da Bonança,a protectora dos pescadores daquela terra....

ALTOS E BAIXOS

Que culpa têm os altos,ou os baixos,de assim terem saído? Nenhuma,está mais do que visto. Pois,por assim serem,não têm conta as vezes em que apanham pela medida grande.

O PÃO E A CONTA

Só se interessavam por coisas que dessem dinheiro ou não lhes moessem a cabeça. E isso compreendia-se muito bem. É que era o dinheiro que lhes assegurava o pão e a cabeça já estava muito moída,já tinha a sua conta.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

DIÓXIDO DE CARBONO PREOCUPA

Um ambicioso projecto para medir concentrações de CO2 na floresta Amazónica.

SOLAR PANEL ROOFS

Do Flickr,por kbaird

Título do autor

ENERGIA SOLAR CRESCE

Energia solar.

SOBRE AS RESERVAS MUNDIAIS DE POTÁSSIO E NÃO SÓ

Como um dos principais nutrientes das plantas,de parceria com o azoto e o fósforo,...

UM SUFOCO

O tio Joaquim é que parecia ter razão,o tio Joaquim que morava ali no rés-de-chão frente,e que,agora,já lá não mora,não se sabendo porquê,talvez tivesse ido desta para melhor,que ele,coitado,nos últimos tempos, já não andava lá muito bem.
Pois o tio Joaquim dizia a quem o queria ouvir,embora quase ninguém lhe ligasse,o que parecia não o apoquentar,dizia que o mundo não tem conserto,que é um mundo do faz de conta,das esmolinhas,das importâncias,das grandezas,do vira o disco e toca o mesmo,dos projectos- piloto,das metas sempre adiadas,das decisões para o caixote do lixo,das crises eternas,do salve-se quem puder.
Com tantas inteligências,continuava ele a dizer,com tantas sumidades,com tantos mestres,com tantos sábios,com tantos Nobel,e não haver um que conseguisse pôr o mundo nos eixos,que o endireitasse,que acabasse com a fome,com as barracas,com a miséria,com as desconfianças,as ambições,as vaidades,as invejas,com toda essa tralha de coisas inúteis,que já há muito se devia ter sumido nas profundezas para sempre,à semelhança de muito matéria orgânica,para que houvesse um ar respirável,que,como estava,era um sufoco.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

NEM UM

E se os países ricos adoptassem os países pobres,tratando-os como filhos seus fossem,de modo a nem um ficar enjeitado?

CAPTURA E ARMAZENAMENTO DE CARBONO

"Uma nova e prometedora tecnologia para combater as alterações climáticas".
Quer dizer,as emissões de CO2 continuarão,talvez em ritmo crescente,pela queima,sobretudo,de materiais fósseis.

MIL PRÉMIOS

"Não há lugar para a indiferença diante da miséria e o sofrimento do outro".
"A força de uma comunidade mede-se pelo bem estar do mais débil".

O autor destas duas frases merecia mil prémios.

DELITO

O querer esquecer um delito,poderá ser para não lembrar a dor de o ter cometido.

O RISCO

Quantas vezes se pisará o risco por a isso se ser obrigado.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

BIOMAS BRASILEIROS

Biomas.

CANADA PRAIRIES





Do Flickr,por chris diewald

POTÁSSIO VAI PREOCUPANDO TAMBÉM

À semelhança do que está sucedendo com o fósforo,o potássio,outro elemento essencial à vida,já vai dando as suas preocupações. Era isto de esperar,mais tarde,ou mais cedo,porque a procura de bens alimentares não pára de crescer,escusado será dizer porquê. E assim,não é de estranhar o que vem em China'passion for potash e em Why invest in Potash One?

WE CAN END POVERTY 2015

Acabar com a pobreza,já,ou seja,em 2015,é possível.

SALOIOS

Jorge Barradas,1894-1971.

NATUREZAS VIVAS

Vinte e cinco anos a viver em Paris,e nem uma só vez fora espreitar o Louvre lá por dentro....

UM JOGO

É de inventar um jogo em que todos ganhem.

O REI

Parecia ter ele o rei na barriga e estaria convencido de que não haveria outro.

domingo, 19 de setembro de 2010

BEBIDAS ALCOÓLICAS

Na decomposição de matéria orgânica,há lugar para a produção de etanol,que é,como se sabe,volátil. Assim,só por engenho do homem há bebidas alcoólicas. A natureza seria incapaz de tal habilidade.

SEM FÓSFORO, NADA FEITO

É de esquecer o petróleo e concentrar as preocupações no fósforo. É que a vida dispensa petróleo,mas não pode passar sem fósforo,como é bem sabido. Sem fósforo,nada feito,e as reservas de fósforo estão-se a acabar. E é disto que trata o Forget oil,...

YUKON TERRITORY E NORTHWEST TERRITORIES - CANADÁ

















Do Flickr,por Astrid van Wesenbeeck photography




CARA RIDÍCULA

Ele andava muito ralado e não era para menos....

ESPÉCIE SOCIAL

Pelo seu comportamento,a bem dizer, desde sempre,a espécie humana está muito longe de ser uma espécie social.

QUEM OFERECE MAIS

Há quem veja a vida como um negócio,não de compra e venda,mas de quem oferece mais.

sábado, 18 de setembro de 2010

ESTADO DAS FLORESTAS MUNDIAIS

Florestas.

POPULAÇÃO E ENERGIA

Com tanta gente,e com tanto motor,não haverá energia que chegue.

REALEJO

Uma reprodução.

MÁRMORE NAS SOLEIRAS

Era aquele canto um outro Alentejo....

CIDADÃO DO MUNDO

Não,não era um querer,ou um achar-se diferente,não senhor. Acontecia que não se sentia pertencer a um único lado. Seria ,assim,uma espécie de cidadão do mundo,de um mundo artificialmente dividido.

UMA ALDEIA

Permanecera,podendo demoradamente ver. E o que vira, já era coisa sabida. Apenas os nomes eram diferentes. E assim,podia dizer que não tinha saído da sua terra. Quer dizer,o mundo não passava,afinal,de uma aldeia.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

SETOR AÉREO E EMISSÕES DE CARBONO

Novas regras para emissão de carbono.

IMAGENS DE MACAU

Macau.

EMBRAPA AGROBIOLOGIA - BACTÉRIAS DIAZOTRÓFICAS

Bactérias diazotróficas.

UM PASSO

Parecia estar tudo perdido,mas não. É que um pobre,com uma carrada de filhos,
dera,espontaneamente,um passo,para ficar com uma criança abandonada.

GUARDIANGARDENCENTRE

Jardim do Guardian.

ACORDO SOBRE RESERVAS FÓSSEIS NO ÁRTICO

Petróleo e gás natural.

RISO DE TROÇA

O honesto lojista era um homem confiado,vendo em cada freguês,e não só,um amigo....

SANTAREM,ON THE TAGUS

Santarém.

BIFES

Parecia que o jovem iria ter um grave problema para resolver, quando lhe apetecesse almoçar....

OFERTAS

Não,não eram dádivas,mas sim ofertas,com muito gosto.

DESMANCHA-PRAZERES

A quererem esquecer desgraças,e ele,volta não volta,lembrava-as. Era um desmancha-prazeres.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

TRIGO

Do Flickr,por martius

PREÇO DO TRIGO DIMINUI

Trigo.

SOJA COM BAIXO TEOR DE ÁCIDOS GORDOS SATURADOS E TRANS

Soja.

PRODUÇÃO E PREÇO DO TRIGO NA CHINA

Trigo.

DESFLORESTAÇÃO DA AMAZÓNIA ABRANDA

Desflorestação.

GORDURAS TRANS

Além das gorduras saturadas e das insaturadas,há,como se sabe,as gorduras trans,derivadas da hidrogenação parcial de gorduras insaturadas. Segundo se lê,as gorduras trans fazem subir o colesterol mau,e descer o bom,pelo que o seu consumo aumenta o risco,pelo menos,de contrair doenças de coração. Estas gorduras trans encontram-se em muitos alimentos,como margarinas,
bolos de pastelaria, biscoitos, batata frita e pizzas.

O MESMO INTERVALO

Os cenários sucedem-se,os mesmos de sempre. Só mudam os figurantes,que vão repetindo gestos de todos os tempos. Parece uma condenação,com as suas dores. Dores dos novos figurantes,mas também de alguns que assistem ao desenrolar das cenas ,já suas conhecidas ,
porque as viveram. Mas nada podem fazer,a não ser presenciá-las,de perto,ou de longe,quantas vezes angustiados,lembrando-se das surpresas,das desilusões,das mágoas que sentiram,
porventura,dalgumas voláteis alegrias,que o tempo não se apieda,parando.
E é sempre um repetir,o ver já o muito visto,aqui,ali,por toda a parte,afinal,porque nos cenários apenas mudam os actores. E não há nada a fazer,porque a vida só se altera quanda deixa de o ser. E os actores não podem desempenhar outros papéis,simplesmente porque não os há.
E é sempre o mesmo começar,o mesmo intervalo,o mesmo fim. Apenas os artistas são outros. Convencem-se os mais novos que são diferentes,que são originais. É isso que os anima. Quem sabe que não é assim,cala-se. Porque contrariar, seria um quebrar de ilusões,que ainda é o que vale,sob pena de se sair de cena.

LUGARES

É de fugir de dois lugares,ou seja,do primeiro e do último.

POBREZA

Era de desconfiar dele,pois,volta não volta,lembrava a pobreza.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

CLIMA FAVORECE SAFRAS DE TRIGO NO MERCOSUL E ALIVIA BRASIL

"O Mercosul(Argentina,Uruguai e Paraguai,excluindo o Brasil)vai ter um saldo exportável de 9,6 milhões de toneladas em 09/10,de acordo...

SOBE E DESCE

Diante da instabilidade,do sobe e desce,das cotações no mercado,dos bens de consumo,pode dizer-se que não há técnica de produção que valha,o que é susceptível de comprometer a devida satisfação das necessidades.

BOLSA FAMILIAR

Bebeficia 12 milhões de famílias.

MISSÃO

Lá se iam entretendo c0mo podiam,uns,muito convencidos de que tinham uma missão,outros,
nem por isso,e ainda outros não sabiam que bicho esse era.

FAREWELL TO FOSSIL FUELS?

Há esforços para reduzir emissões de dióxido de carbono e outros que tais,mas elas não param de crescer....

FOME DIMINUI NO MUNDO

O número de pessoas sofrendo fome...

SEIS QUADRAS DE ANTÓNIO ALEIXO

Vai subindo lentamente,...

O MAR ERA AMARELO

De vez em quando,sabe bem ir de excursão,ali e acolá,não à toa,mas de maneira planeada. E foi o que aconteceu certa vez....

TAL FREGUESIA

Havia ainda as sensibilidades,quer dizer,a sensibilidade de cada um,pelo que,em tal freguesia,a coisa nem atava,nem desatava.

AO FIM

Quando se está disposto a fazer ultrapassagens de qualquer maneira,parece ter-se pressa de chegar ao fim.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

PRODUÇÃO BIOLÓGICA DE ALCANOS

Por uma bactéria genéticamente modificada,a partir da luz solar e de dióxido de carbono.

PAULO GAMA - MYSPACE

Flvs.

MANUEL TEIXEIRA GOMES

Projecto Vercial.

ALTO MASTRO

Teria sido uma rica quinta,mas o que agora lá se vê não passa de um matagal.
Ouvem-se vozes, ouvem-se galos ao desafio,sinal de que não se encontra inteiramente abandonada. Mais ainda,ali vibra-se. A mostrá-lo bem,lá está uma bandeira verde-rubra,sempre hasteada em alto mastro.

SEM CEIA

Diz o velho anexim,com imensa verdade:Quem tiver muitos filhos e pouco pão...

RECICLAR

Um termo com ar de novo,e uma velha prática da natureza. É,afinal,um voltar ao princípio,um regresso à terra,ao pó,às origens. A vida alimenta-se de si mesma,quer dizer,usa aquilo que a morte produz. Um caso exemplar é o das florestas,que se nutrem,em boa parte,do que das árvores se vai desprendendo,folhas,raminhos,raízes,exudados,lixiviados. Imitando-as,é o que fazem os incultos,os matos,que persistem à sua custa.

A VIDA

Depois de ter ganho todos os jogos,perdeu a vida.

MAFRA

Henry L'Eveque,1769-1832.

BAGAÇOS E PASSAS

Os cimos onde ele se demorou,só vistos....

INSEGURANÇA

O desejo de poder,de mandar,pode ser sinal de muita insegurança.

MANDAR

Estava mais que provado que eles não sabiam mandar,pois nunca faziam o que outros queriam.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

ANTECIPAÇÃO

Sabendo-se o que custa pedir,a arte está na antecipação,oferecendo,como que ficando em dívida por aceitarem.

BOTANICAL GARDEN - UNIVERSITY OF ZAGREB

Arboretum

OBRAS DE TOMÁS JOSÉ DA ANUNCIAÇÃO

Vista de uma parte do Campo Grande ca.1860....

CAVALO VERDE

"Logo a abrir,apareces-me pousada sobre o Tejo como uma cidade de navegar....

OLHOS FIRMES

Há olhos para todos os gostos,assim se pode dizer....

ENIGMA

É à beira do que quer que seja,até dos abismos,no silêncio da espera,que se ouvem vozes a querer explicar o enigma.

PRESENTES

Nunca se está só. Estão presentes,de algum modo, todos os que ajudaram e contrariaram a caminhada.

domingo, 12 de setembro de 2010

BARTOLOMÉ ESTEBAN MURILLO

El joven mendigo.

PÁGINA DE EÇA DE QUEIROZ SOBRE JÚLIO DINIS

Júlio Dinis amava a realidade:é a feição viril e valiosa do seu espírito....

"MOEDA PERDIDA"

E tendo achado a "moeda perdida",correm logo a anunciar o facto,certas de que as vizinhas também se alegrarão.

AS JARRAS DA ÍNDIA

"O que custa a largar na vida...

O ARNOLD ARBORETO DA UNIVERSIDADE DE HARVARD - MAPA INTERACTIVO

Mapa interactivo.

A ÁGORA

A senhora valia mais,muito mais,do que pesava....

OS ÂNIMOS

Não valia a pena,era o que se lhes ouvia,repetidamente,sem se cansarem. Não passava isso de uma tática,para quebrar os ânimos. E,na primeira oportunidade,avançavam,prontos para colherem.

BEM TIRADOS

O velho tinha a sua graça e uma grande autoridade do alto dos seus noventa anos bem puxados. Ainda mal se lhe dizia uma coisa,uma qualquer,apanhava-se logo com uma correnteza de nãos bem tirados. Queria isso dizer que só ele é que sabia.
E olhem que ninguém me ensinou, rematava ele.

sábado, 11 de setembro de 2010

EDEN VALLEY,CUMBRIA - REINO UNIDO

Galeria.

UM CASO DE CARÊNCIA NUTRITIVA EM VIDEIRAS

Muitos anos atrás,numa região de vinha que tinha por centro o Cartaxo e se estendia do Vale de Santarém à Cruz do Campo,...

TODAS ALINHADAS

Videiras.
Do Flickr,por vida de vidro
Título do autor

UMA HISTÓRIA SIMPLES

Um velho que se faz à estrada, com um tractor tão velho como ele,para um abraço fraternal de reconciliação.

JOAQUIN SOROLLA Y BASTIDA

O Regresso da Pesca

AO SOL

Um grande sol claro e cadente alaga a praça em júbilos africanos...

ESPLENDOR E REALIDADE

Quem não se apiedaria à vista daquele quadro,de há muitos anos?...

EQUILÍBRIO

Fazendo todo o mundo maldades,era de desejar que as bondades que esse mesmo mundo fizesse fossem de igual peso,de modo a haver,pelo menos, equilíbrio.

POR ELES

Afinal,estava tudo esclarecido. Nem eram por uns,nem por outros. Eram por eles mesmos.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

UNIVERSIDADE DE VIENA

Outras plantas(clicar na imagem)

SOBRE PRODUÇÃO DE BENS ALIMENTARES NA CHINA

É do que trata a seguinte notícia. De admirar,a produção média de trigo, 4,61 toneladas por hectare.

ALMEIRIM - PORTUGAL

Vista de Santarém.

Do Flickr,por Portuguese_eyes

OS DOIS MIRANTES

Não tivera a vida que ela sonhara....

MEIO-DIA

Céu baço. Quente quebranto...

DO CÉU

Não estava sonhando,aquilo era mesmo um osso,...

INOVADOR

Mas assim,como não se dava um golpe de asa inovador,porventura,salvador,ia tudo dar ao mesmo.

AO PÉ DA PORTA

Num mundo cada vez mais globalizado,em que,de alguma maneira,todos dependiam de todos,
ainda havia quem pusesse todas as suas preocupações no que se passava ao pé da porta.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

CONTRA A FOME E A POBREZA

As metas da ONU para a redução da fome e da pobreza...

POPULAÇÃO CRESCENTE E PRODUÇÃO DE BENS ALIMENTARES

População crescente,países emergentes com maior poder de compra,produção de bens não crecendo ao mesmo ritmo,subida de preços de factores de produção,como os adubos,em que já se incluem também os potássicos,obriga cada vez mais a procurar a melhor saída para evitar uma crise alimentar que ninguém deseja. É o que se pode ler em DEMANDING FOR FOOD IS COSTING THE EARTH.

NÚMERO DE TÍTULOS DE AUTORES PORTUGUESES NO TRINITY COLLEGE,DUBLIN,IRLANDA

Eça de Queirós-25,Fernando Pessoa-32,Fernão Mendes Pinto-8,Gil Vicente-15,José Saramago-31,Luis de Camões-34 e Miguel Torga-7.

FACTO LOCAL

Era um facto muito grave,eminentemente local,condenado a ficar por ali,como tantos outros,mas não aconteceu assim,vá-se lá saber porquê.

O SILÊNCIO E O LUME

Sem mo dizeres - compreendi que a nossa vida é,principalmente,a vida dos outros...

À VONTADE

Um senhor muito sério,por razões da sua vida,..

DIFERENÇA

Não,não era uma coisa pequena,como se a diferença estivesse no tamanho, na quantidade,no número,no peso.

DESESPERAR

Olhai e vede. E via-se sempre a mesma coisa,o dente por dente. Era de desesperar.

AS MELHORES UNIVERSIDADES DO MUNDO

Cambridge,em primeiro lugar.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

VINDIMA

Jules Breton.

REDUÇÃO DE METANO EMITIDO POR VACAS

Por um suplemento alimentar à base de orégão.

TABORDA

Rafael Bordalo Pinheiro.

VARINAS

Jorge Barradas.

REDUÇÃO DA TEMPERATURA POR EFEITO DA REGA

A expansão das áreas regadas...

HÁ QUE CUIDAR DELA

E descalcinhos,doridos...

UMA VISÃO DO RIBATEJO

"...,mas o que o Ribatejo é,de facto,na sua parte mais característica e mais bela,...

HORAS SEM FIM

O barco naufragara,na viagem de regresso de grande e perigosa aventura....

TODO MARAVILHOSO

Dava com ele a orgulhar-se de fazer parte de um todo maravilhoso.

SEM TARDAR

Não havia ali ponta de compaixão,pelo que era de fugir de lá,sem tardar.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

SUSANA SOARES

Design Interactions

PESQUISA NA CHINA SOBRE TER OU NÃO CARRO

Numa pesquisa a nível nacional,de 1541 entrevistados,...

RENAS E MAMUTES NA PENÍNSULA IBÉRICA

15000 anos.

FOTOSSÍNTESE ARTIFICIAL

Trata-se de converter a luz solar em hidrogénio e outros combustíveis.

AGRICULTURA FRANCESA

A agricultura em França continua a ser um muito importante...

REQUIEM POR MIM

Aproxima-se o fim....

NEGÓCIO

Curioso,meio esperançado,foi espreitar,mas pouco se demorou,pois aquilo cheirava a negócio.

EMPRESTADOS

O propósito não era desconsiderar quem quer que fosse,mas sim levar a considerar que não se passava,a bem dizer,de seres emprestados.

DE MÃO DADA

Mal se reformara,fora-se-lhe a mulher. O resto da família tinha mais que fazer....

PACIÊNCIA

Olhe,tenha paciência. Só de um igual,quando muito.

SUPOSIÇÃO

Há sempre alguém à espera do quanto pior,melhor,na suposição,talvez,de que lucrará.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

NOVO MAPA DO VOLUME DE CARBONO DA AMAZÔNIA PERUANA

Um novo e detalhadíssimo mapa...

FUTUROS PREÇOS DO TRIGO

Palavras relativamente tranquilizadoras de um ecomomista da FAO.

PRODUÇÕES AGRÍCOLAS MUNDIAIS

Previsões para 2010/2011 do Departamento de Agricultura dos EUA.

METANO ESCAPA-SE ALGURES NO ANTÁRCTICO

Uma notícia.

CONTROLE BIOLÓGICO DE FUNGOS NO MILHO

Milho.

O MUNDO EM PALAVRAS

Portugal.

O MAIS CERTO

Parecia estar esquecido DEUS,mas era um engano grande,...

UM MILAGRE

...
A criança,com olhos cerrados,...

COMPENSAÇÃO

Só grandes perfeições conseguirão remediar grandes defeitos. Seria isso uma forma de compensação.

LEIS DO UNIVERSO

Ainda bem que há Ciência,pois foi com ela,e é com ela,que se descobriram,e descobrem,as leis que regem o Universo,as leis de DEUS,ou do BIG BANG.

domingo, 5 de setembro de 2010

PASTAGENS NO NORTE DA CHINA

Imagens.

AUTO-ESTRADA PARA O CÉU



Do blogue OLHARES DA NATUREZA,de ARMANDO GASPAR


Título do autor

SEQUOIAS

Sequoias.

UM VER SE TE AVIAS

O BIG BANG deve andar muito preocupado,e é caso para isso,há que concordar. É que não faltam motivos para ralar um qualquer,quanto mais ELE. Coitado,parece ter andado a trabalhar para o boneco. Qualquer dia não há oxigénio que chegue,com tanta combustão havida e a haver. Combustão,acima de todas elas,de materiais,que mantidos lá onde se encontravam,e encontram,garantiam uma muito boa parte dele. O desenterrar de jazidas fósseis não pára,estejam lá elas onde estiverem,mesmo em regiões polares. É um ver se te avias,parecendo todos quererem aviar-se. Para piorar as coisas,estão as florestas a encolher,essas imitadoras,ainda que tímidas,dos materiais fósseis. Para o comum dos mortais,que também ande ralado,não há nada a fazer,a não ser esperar que um dos arautos dELE,do BIG BANG,O persuada a intervir.

VALE DE SANTARÉM - PORTUGAL

...
Cá estamos num dos mais lindos e deliciosos sítios da terra: o Vale de Santarém...

MUITO PIEGAS

Eram dois, a uma esquina....

CONTENÇÃO

Num mundo que viva para o consumo,a contenção não faz sentido.

PAZ

Sem concessões mútuas,dolorosas ou não,não haverá paz.

sábado, 4 de setembro de 2010

FORMIGAS CONTRA ELEFANTES

Acácias protegidas.

SEGURANÇA ALIMENTAR

Na perspectiva da segurança alimentar e da redução da oferta de trigo,por motivo,sobretudo, de seca generalizada,há que estabilizar o mercado,sob pena de haver repetição de casos de protesto nas ruas. Nesse sentido,a FAO convocou uma reunião,em Roma,ainda para este mês.

JOSÉ LUIS PEIXOTO

Na Congress Library,na British Library,na Biblioteca Nacional do Canadá e nas Bibliotecas das Universidades de Columbia, Harvard,Princeton , Stanford e Yale.

FLORESTA SOFRE

Crescendo a população,crece a necessidade de alimentos e de energia,é evidente. Para a satisfazer,o derrube da floresta tem estado na primeira linha,parecendo não haver nada a fazer para o contrariar.

MÍNIMO DESLISE

Quem quer alterar procedimentos,a precisar de urgente emenda,não pode cometer o mínimo deslise,porque,ao cometê-lo,cai-lhe meio mundo em cima,continuando tudo na mesma,ou pior.

MAIS UM MILHÃO

Um simples,a quem tinham dado uma varinha mágica, para dar conta da miséria onde quer que a encontrasse,livra-se dela,ao ver que todos queriam sempre mais um milhão.

UM LONGO SILÊNCIO

...
E tendo passado pelos três altares,Baltasar...

LADRÕES

Não será só por se ter medo de ladrões que se compra um cão. Será,também,pelo menos,pela certeza de que o cão não rouba.

SANTINHA

Uma senhora de meia idade,alta,bem parecida,de ar simpático,dera um espilro. Santinha. Santinha é que eu não sou.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

OS PORTUGUESES E O NOVO MUNDO

The Portuguese role in exploring...

O ZAMBUJEIRO

Deus disse:"O Zambujeiro nasça"....

FOTOGRAFIAS DE RONAN MICHAUX - II

O Douro e o Porto.

O SEU MEIO

Sentir-se-iam bem ali,naquele barracão de chão térreo,em plena lezíria,ele,mulher e filhos....

REFORMA

Ainda bem que o encontro,pois queria felicitá-lo pelo seu brilhante desempenho. Se não fosse fulano,você era o primeiro,no meu entender. Ah,mas esse está prestes a ir para a reforma.

DESAMPARADO

Tendo perdido pai e mãe,e tendo muito pouca confiança nos que o rodeavam,perto ou longe,não podia deixar de crer em Deus,sob pena de se sentir inteiramente desamparado.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

ABERTOS TODA A NOITE

Pelo menos,um Iced Coffee e um McDonald's,em Times Square,mais concretamente,na Broadway. É o que se pode ver pela Times Square Cam. Perto,há,também,um local de informações.

UMA AGRICULTURA DE QUALIDADE

Melhores frutos com agricultura orgânica,uma agricultura de qualidade,mas não é de qualidade...

COMO AS ANEDOTAS

Com a vertigem,o frenesim,a desatenção que vão por aí,...

MINHA PRÓPRIA REALIDADE

Médico. Conforme a tradição,mal o bedel disse que sim,...

DE INVEJAR

Um dia,o senhor António desabafou.

A PENSAR

Passaram uma vida inteira a pensar no que mais deviam fazer.

FÉRIAS DE PRIMEIRA

Ele estava cheio das suas férias,pelo que precisava de esvaziar. Então,mal apanhou um a jeito,não se conteve. Onde é que passaste as férias? Não deu tempo a que o outro respondesse,nem nisso estava interessado. E lá contou como tinham sido as dele,umas férias de primeira.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

QUATRO MILHÕES E QUINHENTOS MIL CARROS

Treze mil carros mais numa semana.

DAS MAIS GORDAS

Não podia ficar melhor situada aquela escola,a dois passos do mercado,a três passos do jardim,e,sobretudo,a um passo de uma central de transporte de mercadorias,mais concretamente,de uma central de galeras que muares moviam.
Na ração das mulazinhas,pontificavam alfarrobas. Eram tulhas delas,a abarrotar. E toda aquela riqueza estava à disposição da garotada,que o dono das galeras gostava de partilhar. Ficavam os bolsos cheios,a mais não poder,das melhores,das mais gordas. As mulazinhas,ali mesmo à vista,não protestavam,pois sabiam que ainda restariam muitas.

AO SOL

Um grande sol claro e cadente...

TOADA DE PORTALEGRE

E era então que sucedia...

O CORAÇÃO TEM RAZÕES...

Pode dizer-se que era o médico dos pobres....

MELHORES DIAS

Estavam sempre à espera de melhores dias,pelo que iam sempre adiando.

O ASSENTO

Dizer bem de um fulano de quem se cobiça o assento,só por brincadeira.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

UM LONGO CAMINHO PARA A SEGURANÇA ALIMENTAR

Isto deixa as áreas rurais isoladas...A Revolução Verde do passado século... Falta de meios...
Kofi Annan...o pequeno agricultor nada só...

UMA DAS MAIORES AMEAÇAS MUNDIAIS

Num novo livro...

ACIDIFICAÇÃO DOS OCEANOS

Mais um aviso sobre as consequências da acidificação dos oceanos.

INSÓNIA ALENTEJANA

Pátria pequena,deixa-me dormir,...

GENOMA DA FORMIGA

O seu conhecimento,entre outras coisas,
irá permitir saber mais sobre longevidade,
a pensar,certamente,nos humanos.

O MEU ALENTEJO

Meio-dia. O sol a prumo cai ardente,...

CHÃO SAGRADO

São apenas uns palmos de terra....

GANHO

Ele nunca dizia quanto ganhava,mas estava sempre interessado em saber o ganho de outros.

UM DIA

Eles sabem que não o podem levar consigo,mas talvez,um dia,quem sabe?

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

BENEFÍCIOS,RISCOS E CUSTOS DA GEOENGENHARIA NA ESTRATOSFERA

Injecting sulfate aerosol...

AS SUJAS

Não suportavam ver uma camisa lavada num pobre.
E,assim,quando o viam com uma,lembravam-lhe,com todas as letras,
ou seja,à má cara,como eram as sujas.

SENHORA NAGONIA!

Georges! anda ver meu país de Marinheiros,...

GENOMA DA MAÇÃ

Cientistas de cinco países...

FOTOGRAFIAS DE RONAN MICHAUX - I

Ponte 25 de Abril.

GELO NO OCEANO ÁRCTICO

Uma expedição científica chinesa no Oceano Árctico.

ÁRVORES MONUMENTAIS DE PORTUGAL

Devido ao clima propício,...

UM MODO DE ESTAR - IV

Admirar. Aprender. Respeitar. Ter paciência. Desculpar. Crer.

PEDRINHAS DE CALÇADA

De que país seriam aqueles moços?...

FRAQUEZA

Ser bom,pode ser prova de fraqueza.

AMIGO

Ele fora amigo de toda a gente,mas, quando precisou ,não encontrou um amigo.

domingo, 29 de agosto de 2010

LAGO WINDERMERE - CUMBRIA

O maior lago natural de Inglaterra.

DE TARDE

Naquele "pic-nic" de burguesas,...

O SUAVE MILAGRE

Nesse tempo Jesus...

CÂNTICO NEGRO

"Vem por aqui" -...

UMA INTERVENÇÃO DE GEOENGENHARIA

Um vazio deixado pela extracção de material fóssil,vai ser utilizado para armazenar outro material fóssil. Trata-se,assim,de uma intervenção de geoengenharia.

ENGORDAR

Ainda bem que as portas eram estreitas. Assim,não podiam engordar.

ENGENHO

A necessidade é a mãe do engenho,e sabe-se lá mais de quê.

sábado, 28 de agosto de 2010

LABRADOR

Flickr,por Crazy Souza

Título do autor

SURPRESAS DA SEMANA

São 21,as Surpresas da Semana,no blogue Maria Pudim.

UMA NOVIDADE OPORTUNA

Uma nova bactéria dá conta da mancha de petróleo que se derramou no Golfo do México,
como vem em Science et Avenir,26 de Agosto,2010. Uma novidade oportuna,não resta dúvida.

UM MODO DE ESTAR - III

Poupar. Ajudar. Não estar sempre a pensar no mesmo. Observar. Trabalhar. Compadecer-se.

PROVÉRBIOS

São muitos os provérbios que por aí correm,fruto de continuada observação de factos da vida,e de cada um. Os seus autores não se terão excluido,certamente,que anda quase tudo ao mesmo.Terá sido uma forma de se aliviarem,de se desculparem,de distribuir o mal pelas muitas aldeias.

FIO DAS MEADAS

Uma espessa névoa os envolve ,mas ainda se conseguem distinguir. Parecem espectros a desfilar,a acenar,a dizer que vão voltar.
O Lojista. Davam-se,apsar de idades um tanto afastadas,e das ocupações. Um,andava no liceu,o outro, era dono de uma loja. O ponto de cruzamento residia no gosto pelos romances.
O lojista lia muito,mastigando lentamente os enredos,de modo a não perder o mínimo fio das meadas. Pode dizer-se que os vivia,quase como fazendo parte deles,metendo-se na pele de uma ou outra personagem. Não se limitava a seguir as narrações. Raciocinava,criticava,opinava. Era isto estimulante,pois havia divergências,uma delas do tamanho de uma crença. Todos os sábados, fazia uma visita muito especial. Era metódico. A certa hora,avisava e convidava,sabendo,de antemão,a resposta. Não vou por aí,à maneira de Jose Régio. Discreto,não avançava comentários,ao contrário de muitos,que se desdobravam em argumentos e pormenores.

CONFERIR A CAIXA

Ele não o confessava,mas tinha todo o ar de quem gastava muito tempo a conferir a caixa.

DE MALA AVIADA

Não aqueciam lugar,pois estavamm sempre de mala aviada para partirem para outro.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

PREÇO DO TRIGO

Apsar das quebras de produção de trigo na Rússia,na Ucrânia e no Casaquistão,por via da seca,não se prevê subida significativa do seu preço,dado o elevado nível das reservas. É o que vem em Bloomberg,Commodity Futures,27 de Agosto,2010.

AGOSTO PASSA

AS VINDIMAS
Agosto passa. É o mês de sazão dos grandes frutos,em que as debulhas terminam,os pêssegos turgescem,abeberam os figos e,enfim,se decide a abundância ou a escassez das nossas vindimas....
Aí vêm agora em plena exuberância as verduras brunidas da paisagem vinhateira,cujos metálicos pâmpanos ascendem por cima dos arvoredos e valados,na estesia dos seus viços bravios,pendendo os cachos ingurgitados de sucos,cuja diversa tintura já começou a acentuar-se. Lebres,corvos.codornizes,pardais,tudo agora se abate sobre a vinha esbagoada em topázios,ametistas e rubis....

FIALHO DE ALMEIDA
O País das Uvas
Círculo de Leitores
1981

GENOMA DO TRIGO

Cientistas do Reino Unido conseguiram decifrar 95% do genoma do trigo. Espera-se que tal avanço ajude a obtenção de novas variedades mais produtivas e mais resistentes às doenças e adversas condições climáticas,que tão vitais se mostram,na dupla perspectiva de crescentes necessidades e de surto de secas não desejadas.

É uma notícia que vem em Daily Telegraph,27 de Agosto,2010.

CASO ARRUMADO

Já agora,continuemos a supor. Suponhamos,então,dois estados da criação,que toda a gente,até uma criança,acharia serem muito diferentes. Um,muito triste,um vale de lágrimas. O outro,ao contrário,um muito alegre,bem disposto,só sorrisos.
O de beiço caído seria assim. De negro vestido,muito tapado,até a cara,a maior parte do tempo recolhido em casa,olheirento,dos jejuns,dos sacrifícios,das ralações. E aqui nas ralações,havia uma pausa para as apresentar. E eram as doenças,e era o não ter dinheiro para levar uma vida decente,e era o desemprego por anos a fio,e eram as dívidas sempre a crescer,e eram os silícios para amachucar corpo e alma,e eram as escaramuças por dá cá aquela palha,e eram as invejas por aquele ter mais do que eu, e eram menos invejas por o outro saber mais umas coisas,enfim,porque há que terminar,que a paciência esgotou-se,não porque não houvese mais,mas porque a paciência tem um limite,por falta dela,por se esgotar.
O outro,o outro estado,há que lembrá-lo,pois já podia haver esquecimento do que se estava para aqui a falar,o da alegria,o dos olhos brilhantes,por nem a lembrança de uma lagrimazinha sequer ocorrer. E ese estado seria como se vai mostrar.
De cores garridas enfarpelado,por não se fabricarem outras e já não haver em armazém as do vale de lágrimas. Deve,de vez em quando ser lembrado este,não se vá esquecê-lo,por causa das comparações,para não haver confusões. Além das cores,havia muito mais marcas,que o distinguiam do outro,o do vale de lágrimas,que, o mais depressa possível,deve ser mandado passear,que não é cá preciso para nada. Para lágrimas,bastam as do passado,bastam as dos meninos pequeninos,que,até,já se olvidaram. E que marcas seriam? É necessário mesmo pô-las a desfilar? Parece que não. Era um estado ao invés do outro,que DEUS,ou o BIG BANG, não deve querer. Não foi para isso que ELE fez o mundo. Cabe lá na cabeça de alguém,no seu perfeito juízo,que DEUS,ou o BIG BANG, tivesse ido lá ao Nada,para se ver aquilo que se está vendo,e que é,com umas ligeiras diferenças,tal como o que já foi visto nesse passado de má memória,de pôr os cabelos em pé,mesmo a um careca? Não cabe,e se cabe,não deve perder um segundo sequer para bater à porta do médico. DEUS,OU O BIG BANG, queira que ele lá esteja,porque,então,era caso arrumado.

"DRY WATER"

Mais um instrumento de geoengenharia,a "dry water"(água e sílica),anunciado como sendo capaz,entre outras funções, de absorver e armazenar CO2. É o que vem em Science Daily,25 de Julho,2010. O anúncio foi feito por ocasião do 240th Meeting of the American Chemical Society.

UMA FORTUNA

Uma espessa névoa os envolve ,mas ainda se conseguem distinguir. Parecem espectros a desfilar,a acenar,a dizer que vão voltar.
O Menino. A loja do senhor Maia tentava-o. Os rebuçados,as bolachas,os chocolates não lhe saíam da cabecita. E assim,todos os tostões conseguidos iam parar sempre à mesma gaveta.
Um dia,o padrinho contemplou o menino com uma fortuna,que lhe transtornou o juízo. Sem pedir conselho a ninguém,logo que apanhou a porta aberta,escapuliu-se,e ali vais ele,direitinho,quase a correr,ao encontro do balcão dos seus sonhos. Lá chegado,poisou nele,a custo,que o balcão era mais alto do que ele,a moeda que os seus bolsos jamais tinham visto.
Quando o senhor Maia o atendeu,apontou para um frasco com a sua paixão na altura,umas bolachinhas coroadas de estrelas de várias cores. O senhor Maia,resmungando,muito desconfiado,lá aviou a encomenda.
Com um pacote dos grandes em cada mão,bem encostados ao corpito,não se espalhassem as queridas bolachinhas pelo chão,voltou para casa,em triunfo. Foi isso sol de pouca dura,que a mãe não consentia esbanjamentos. O senhor Maia já esperava. Teve o menino de se contentar com um miserável pacotito. Para aprender.

RICOS TERES

O pavor que ia naqueles olhos,só de pensar que ,um dia,poderia ficar sem os seus ricos teres.

MUITA ESMOLA

Acabando as esmolas em dinheiro,ou coisa equivalente,há ainda muita esmola para dar.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

GEOENGENHARIA

A combustão de materiais fósseis não dá mostras de abrandar,pelo que é de esperar crescente aumento do teor de CO2 do ar,com reflexos vários,como é bem sabido. A procura de novas jazidas persiste,inclusivamente,em zonas que o degelo tem permitido,como na Gronelândia.
Para contrariar esse acréscimo de emissões de CO2,têm sido propostas,como se sabe,também, algumas intervenções de geoengenharia,como seja a fertilização dos oceanos com ferro,a captação de CO2 das muitas combustões,o seu enterramento,árvores artificiais,o injectar sulfatos na estratosdera,o uso de telhados e pavimentos de cores claras.

TRISTÃO DA CUNHA

Um arquipélago perdido no Atlântico Sul,a oeste do Cabo da Boa Esperança,que o navegador portugês Tristão da Cunha achou,em rota para a Índia,em 1506.

COISAS LIGEIRAS E SÉRIAS

Num jornal,logo na primeira página,a abrir,com letra grossa,a provocar:"As pessoas gostam que faça de má". E na terceira,em desenvolvimento deste gostar,a letra mais grossa :"A Catarina irrita-me". Na segunda,em CINEMA:O Sabor do Amor. No miolo,põem-se as notícias,digamos,de maior interesse social. Parece que o despertar dos leitores para coisas sérias tem de ser preparado com coisas ligeiras. Será assim?

UMA SENHORA

Viera muito novinha para aquela vida,pois lá em casa é que ela não podia ficar. As bocas eram muitas. Bem lhes custou, a ela e à mãe,o separarem-se. Aquilo foi uma choradeira de pôr a chorar também as pedras lá da casa e da calçada. Mas que se havia mais de fazer,se não se lhes abria outra saída? Aliviava o pesado fardo dos pobres pais e seria até capaz de mandar-lhes algum dinheiro. Não seria muito,mas faria jeito.
Serviu algumas senhoras,sempre na mira de forrar mais uns patacos,que as mesadas eram curtas,pela muita competição. Não fora só ela mais a mãe a carpirem,pois tiveram larga companhia. O dinheiro também não abundava em muitas famílias. Com o tempo,lá conseguiu enfiar no mealheiro o suficiente para o enxoval. Não era o que eles queriam,mas sempre dava para começar.
E um dia,quem é que ela havia de encontrar? Mas é o menino. Tão crescido que ele está,quase não o reconhecia. Gostava muito que viesse a minha casa. É mesmo ali. Pouco mais tinha do que um quarto,mas estava bem recheada. O prazer que ela colheu a mostrar o armário dos vestidos,a abarrotar. E a bateria de sapatos debaixo da cama? Ela era,também,naquela altura, uma senhora. Para que constasse.

SEM INTERVALO

Era um jogo sem termo,e um desafio sem intervalo.

SER E TER

No seu alto entender,nunca se excediam,pois achavam que tudo podiam ser e ter.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

ENERGIA HÍDRICA

Com a construção da segunda maior barragem hidroeléctrica do mundo,a seguir à das Três Gargantas,a China passará a ser o maior produtor mundial de energia hídrica.

In China Daily,25 de Agosto,2010.

REDUÇÃO DAS EMISSÕES DE DIÓXIDO DE CARBONO EM PORTUGAL

O recurso a energias renováveis, em Portugal,reduziu as emissões de dióxido de carbono em 36%. É uma notícia de Point Carbon,de 24 de Agosto de 2010.

http://www.pointcarbon.com/news/1.1468695

SEM AVISO PRÉVIO

Era uma vasta área,quase plana. Quer dizer,a água que lá caísse,só podia sair dali,a
bem dizer,na vertical. E assim,quando chovia demais,as plantas que por lá faziam pela vida,uma boa parte das vezes,searas de trigo,viam-se e desejavam-se para respirar,mostrando cara muito amarelinha.Em terreno lavrado,todo o cuidado era pouco,
pois,sem aviso prévio,havia o risco de se ir por ali abaixo.

INGRATIDÃO

Que alívio. Morrera o sujeito que lhe dera uma ajuda quase vital,uma coisa assim sem importância. É que ele temia que o outro fosse de cobrar,que uma vez por outra,ou mesmo,a cada passo,tal feito lhe estivesse a lembrar. O que lhe estava doendo muito,pois chegaria lá pelos seus próprio pés,sem ter necessidade de estar a dever favores,e muito menos àquele que,finalmente,se finara.
Podia,a partir desta tão desejada altura,dormir descansado ,para sempre,pois não mais se teria de preocupar com uma coisa destas,que o trazia muito amarfanhado. Que alívio. E assim,descansado,dormiu algum tempo. Mas, não se sabe porquê,desatou a pensar em que mais alguém podia saber do sucedido,uma vergonha,para ele e para a famíla. Podia ter sido segredado à mulher,a um filho,a um amigo,e até a um inimigo,sabe-se lá.
Apressou-se,por isso, a fazer um inventário de todas essas possibilidades e ficou alerta. É que só sossegaria de vez,quando os visse todos também no outro mundo. E esse dia veio.
Finalmente,chegara o momento em que podia ter sempre sonhos lindos. Pois é. O raio daquela memória que não havia meio de claudicar. É que o pobre,que,por acaso,estava,agora, rico,passou a ser massacrado com aquela sua mão estendida,lá muito para trás no tempo,gesto que acontece a tanta gente,má ou boa. Situação mais que intolerável,tão assim,que acabou por desejar a sua própria morte,que aquilo era um inferno. Mas a morte fê-lo esperar um ror de tempo,só para o castigar,por tanta ingratidão.

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Ora,diga-me lá o menino,por sinal,um menino já crescidinho,com barba â vista,diga-me lá o que é o cloreto de sódio. Então,o cloreto de sódio é um material de construção.

MENOS UM

 volta cá te espero. Mas era melhor que não voltasse,que ficasse por lá,pois era menos um "inimigo".

terça-feira, 24 de agosto de 2010

NOVA EXPERIMENTAÇÃO DE VIDEIRAS TRANSGÉNICAS

Trata-se de videiras destruídas em Colmar,França,que o governo está prestes a financiar. Eram videiras transgénicas,resistentes ao virus do nó-curto,obtidas no INRA,Instituto Nacional de Investigação Agronómica.

In Science et Avenir,24 de Agosto,2010

MENOS CONVERSA DE CAFÉ

E mais ciência,é o que se lia há dias acerca de uma hipotética tragédia,a lembrar histórias apocalípticas,caso o metano, que as regiões geladas guardam, resolvesse libertar-se. É que,como se sabe,o metano é um muito potente gás de efeito de estufa. Seria isso,pois,mau,muito mau. Enfim,há que esperar que tal não venha acontecer,que a atmosfera,com o seu escudo de radicais livres,vá dando conta de algum metano que se vá desprendendo,lá de regiões polares,ou de outras fontes não tão frias.

NATAL

Parte do nome de província oriental da África do Sul. Vasco da Gama,no seu navegar para a Índia,chegou lá, no dia de Natal de 1497.

DAR BAIXA

Dava jeito aquele biscate,pois sempre eram uns cobres a somar a outros cobres. Tratava-se de fazer de advogado de defesa de gente apanhada com a boca na botija. Podiam recorrer os infractores,ou assim julgados,na esperança de apanhar uma pena mais leve ou mesmo serem mandados em paz,para ganharem juízo.
E era aqui que ele entrava. Mas como provar que farinha de trigo não ficara convivendo com farinha de milho,que no leite não se tinha dissolvido carbonato de sódio,que óleo de amendoim não marcava presença em azeite de primeira,que vinho branco não fora convertido em tinto,como por milagre,isto,só para referir algumas maldades?
Uma valente carga de trabalhos,de aflições,de risos amarelos,e sabe-se lá mais o quê. Lá conseguiu,porém, atenuar os castigos e até um perdão.
Mas ele,coitado,não tinha estômago,nem coração, para suportar uma coisa daquelas. Teve,assim,de desistir,dar baixa,com muita mágoa,está-se mesmo a ver porquê.

DESOLAÇÃO

Eram quilómetros e mais quilómetros de terra parda,calcinada. Não cruzava os ares uma ave,nem se ouvia a cegarrega das cigarras. Só de lá longe em longe, é que se via uma casa,que mais parecia um casebre. Quem poderia,de facto, ali morar? Certamente, gente muito pobre,que aquela desolação não dava para mais.

AS COSTAS

Quando pensam que estão a perder,lá no seu recto entendimento,dão o encontro por terminado,alegando que os esperam lá em casa,ou então,o que é pior,disparam,quer dizer,vão-se embora,dando,desabridamente,as costas.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

UM MODO DE ESTAR - II

Não se exaltar.Ver as coisas pelo lado positivo. Não dizer mal dos outros. Perdoar. Contentar-se com pouco. Sorrir.

NOME BEM ESCOLHIDO

Flores é o nome de uma ilha da Indonésia. Dada a sua vizinhança com Timor,é de crer que tenham sido os portugueses a baptizá-la. O ter perdurado,significa,pelo menos,
que o nome foi bem escolhido,e,mais ainda,que,apsar das canseiras,ainda tinham disposição para pensar em flores.

A SAÚDE E A POLÍTICA

A revista Newsweek trazia, há dias,uma classificação algo surpreendente para muitos. É que,num conjunto de cem países,Portugal figurava entre os trinta primeiros,mais concretamente,na vigésima sétima posição. Para isso,tinha contribuído,muito positivamente,a saúde e a política.

O MAIS DESEJADO

Uma espessa névoa os envolve,mas ainda se conseguem distinguir. Parecem espectros a desfilar,a acenar, a dizer que vão voltar.
O Artista. Desenhava e pintava primorosamente,de maneira espontânea,sem escola. Um dom. Todo entregue à sua vocação,como que comandado por ela,não cuidava de mais nada. Não estudou,por horror aos livros. Não se empregou,por horror ao patrão. Ele era um artista,e,
portanto,a sociedade tinha obrigação de o sustentar. Alguns tinham disso alguma compreensão,pelo que lhe faziam encomendas. Era,sobretudo,pelo retrato que mais o procuravam.
Era alto,elegante,e uma cabeleira farta,ondulada,a puxar para o loiro,coroava-o. Julgava-se,de resto,um Adónis,adorado pelas mulheres. Tudo isto se conjugava para ele gostar de fazer vida de grande senhor. Mas,coitado dele,teve de refrear muito este seu jeito. Havia,porém,uns dias em que ele,de alguma maneira,o podia praticar. Tratava-se dos dias de pagamento das encomendas. Esbanjava nessas ocasiões. Escolhia a melhor pastelaria e banqueteava-se. O lugar em que se sentava ficava por detrás da montra a abarrotar de coisas boas. E assim,dizia ele,que,naqueles dias,era o homem mais desejado lá da terra.

TEMPERATURAS

Tudo pode acontecer,tanto mais tratando-se de temperaturas. Podendo elas dar origem a compensações, no caso de se exceder certo limite,é de crer que se chegue ao ponto de anunciar menos do que o previsto.

CRIANÇAS

Queriam ficar sempre jovens,pelo que nunca deixavam de ser crianças.

domingo, 22 de agosto de 2010

UMA ANTIGA MARCA PORTUGUESA NO CANADÁ

Trata-se de Labrador,designação,como se sabe,de uma região do extremo nordeste do Canadá,mais concretamente,da parte continental da província da Terra Nova. Deriva ela de Lavrador,nome pelo qual era conhecido o navegador português João Fernandes,que
terá visitado esta região no começo do século XVI.

CONTINUIDADE



Do blogue OLHARES DA NATUREZA,de ARMANDO GASPAR

AMIEIRA DO TEJO

UM MODO DE ESTAR - I

Pensar nos outros. Falar com toda a gente. Empregar palavras simples,que todos entendam. Confiar. Tolerar. Ter esperança.

UMA SEMENTINHA DE RÍCINO

Era caso para esconder,para silenciar,que casos destes contam actos de estarrecer,mas
actos que se perpetuam. Uma sementinha de rícino veio instalar-se,um dia,numa estreita nesga de terra,um mísero intervalo entre duas pedrinhas de calçada. Um tanto ao lado,mas em plena terra,bem adubada por um esgoto subjacente,dava mostras do que valia, uma bem nutrida nespereira.
Da sementinha,brotou um arbusto,que bem depressa se fez árvore. E é ver a pobre nespereira a definhar de dia para dia,e o rícino a crescer a olhos vistos,de que é responsável,certamente,o muito azoto que o esgoto lhe traz. Já está â altura de um primeiro andar e já faz sombra à infeliz nespereira,que se estará lastimando pela sorte que lhe coube.

CIMENTO ARMADO

É de ficar aterrado com as barbaridades,as violências,as loucuras que enchem,a transbodar, o muito estendido passado do homem,parecendo todas elas terem caído em saco roto,a atentar na sua frequente repetição,e,até,na sua ignorância,como não tivessem tido lugar,ou fossem coisas de somenos.
Os tratos a que o pobre ser tem sido sujeito. É de admirar como ainda há homem,como ainda está inteiro,como não se escaqueirou já todo,não ficando osso sobre osso. É de cimento bem armado este homem,para a tanto abalo resistir.

MESMO LUGAR

Só descansariam,quando dessem a volta toda. Quer dizer,não saíam do mesmo lugar.

sábado, 21 de agosto de 2010

DECLÍNIO DA PRODUTIVIDADE GLOBAL


Um outro olhar sobre o estudo na Science,20 de Agosto:Vol 329.no.5994,pp.940-943,vem,
agora,em Science Daily,de 21 de Agosto,2010. Segundo dados de satélite da NASA,seca regional tem dado origem a um declínio da produtividade global das plantas.

Imagem da NASA,de 2003,retirada de Science Daily,de 21 de Agosto,2010. A cor vermelha afecta regiões de produtividade reduzida,e a cor verde,regiões de produtividade aumentada.

TUDO

Para eles,o limite era tudo.

GULA

A gula era tanta,que nunca saboreavam o que comiam de cada vez.

ACERCA DOS ADUBOS POTÁSSICOS

Como se sabe,o potássio,à semelhança do azoto e do fósforo,é um dos nutrientes de que as plantas mais precisam. A sua falta é suprida com a aplicação de adubos,sendo os mais utilizados o cloreto e o sulfato de potássio. Estes adubos são obtidos a partir de jazidas sedimentares espalhadas pelo globo,sendo os maiores fornecedores o Canadá,a Rússia,a Bielorússia,a Alemanha,Israel e a Jordânia,que,no conjunto,contribuem com noventa por cento da produção total. As duas maiores empresas exportadoras são a Canpotex,do Canadá,e a Bielorussia Potash,que agrupa os fornecedores da Europa oriental. Tal como qualquer outro bem,os seus preços estão sujeitos às contigências do mercado,tendo passado por um tempo aúreo em 2007-2008,
estando,agora,mais em conta,e ainda bem,como é evidente.

O VALE ERA VERDE

Aquela paisagem,novíssima para ele,encantara-o,seduzira-o. Não sabia para onde se virar,pois em muitos quadros ela se desdobrava,todos de ficar a eles preso. Era o amplo vale que a seus pés se abria. Era o vagaroso rio,a serpentear,que mansamente o cortava. Era a galeria de palmeiras e bananeiras que o alegrava. As bananeiras cresciam ao Deus-dará,com os pés-mães e os filhotes criando densas cortinas. As palmeiras,esguias,procuravam o céu. Eram os palácios de mergulhões,que não desejariam outro poleiro,pois, além de quartos,tinham mesa e roupa lavada,tudo de borla. Podia dizer-se que o vale era verde. Até o rio verde era,de reflexos e de constituição. Havia ainda um outro verde,um verde mais carregado,de outras palmeiras,não tão elegantes,ordenadas,muito apaparicadas. Eram nelas que os exímios trepeiros mostravam as suas habilidades,quando os cachos estavam a pedir que os fossem lá colher. A noite caía quase a pique. E o verde passava a tons violáceos,tudo muito a correr,que era urgente ir descansar. Era nesta altura que os embondeiros,que o punham especado,muito respeitador e um tanto temeroso,na sua frente,pareciam fantasmas de muitos braços. E os seus frutos,de pedúnculos compridos,lembravam ratazanas que eles usariam para mais amedrontar. Mas mal o sol acordava,de novo o vale se pintava de verde,de um verde mais verde. E os fantasmas e as ratazanas iam dormir.

DESLISE

Como se sabe,não há totais perfeições,mas há uns,ou umas,que andam lá por perto,o que não agrada mesmo nada a outros,ou outras. Assim,quando aqueles,ou aquelas,cometem
um deslise,estes,ou estas,não mais o esquecem,estando,quando convém,a lembrá-lo.

FORTES E FRACOS

Que mania aquela. Para se fazerem fortes,abusavam dos fracos.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

UM NOVO BIOCOMBUSTÍVEL

Trata-se do Ecosse,um sub-produto da fabricação do uisque. Os seus autores são cientistas escoceses. Um aspecto simpático deste invento é a dispensa de mais matéria prima original.

In Science et Avenir,de 20 de Agosto,2010.

ACUMULAÇÃO DE PLÁSTICO NO ATLÂNTICO NORTE



Imagem retirada de Science Daily,de 19 de Agosto,de 2010.


Em sucessivas colheitas,de 1986 a 2008,mais de 60% do material de plástico colhido em águas superficiais do Atlântico Norte tem dimensões milimétricas,sendo este um dos resultados de um estudo publicado em Online August 19, 2010
Science DOI: 10.1126/science.1192321,e que Science Daily,de 19 de Agosto,de 2010, refere.

BIOMASSA TERRESTRE

A biomassa terrestre é uma medida do sequestro do carbono,como vem em Science 20 August 2010:Vol.329. no.5994,pp.940-943. Assim,as suas variações reflectem a eficácia da remoção do dióxido de carbono e a competição entre alimentos e produção de biocombustíveis,como se acrescenta.

CABO DA BOA ESPERANÇA

Há nomes que resistem ao dobrar dos anos,e das vicissitudes,como o do Cabo da Boa Esperança. Neste caso,deve ter dominado o ser da Esperança,que em todos habita.

MANTA DE RETALHOS

Olhe que esse terreno não lhe vai servir para o ensaio,e quem o escolheu não sabe o que anda a fazer. É que um rebanho de ovelhas andou por ele tratando da sua vida. Havia,de facto,alguns vestígios sólidos da sua passagem. Dos líquidos,a análise logo os acusou.
As ovelhas tinham privilegiado certos sítios,pelo que aquilo era uma manta de retalhos. Onde se tinham mais demorado,os teores de potássio eram muito mais altos.
Serviu este caso para se ter mais cuidados na selecção de locais para ensaios,para os quais se exige a maior uniformidade.

PRODUTIVIDADE

A falta de produtividade tornara-se quase em lei. Assim,quem a infringia era mal visto.

A DIFAMAÇÃO

A difamação rendia,pelo que abusavam dela.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

UMA SUGESTÃO PORTUGUESA EM NOVA IORQUE

Queens,como se sabe, é o nome de uma das divisões administrativas de Nova Iorque,e a rainha, é Catarina de Bragança(1638-1705),filha de D.João IV e de D.Luísa de Gusmão. Não deu descendência a seu marido,Carlos II de Inglaterra,mas este,em compensação,
deixou,segundo se lê,muitos descendentes. Queens,pois,uma sugestão portuguesa em Nova Iorque.

ASSOCIAÇÕES DE RAIZES E DE FUNGOS

Como se sabe,as micorrizas são associações de raizes e de fungos. Pelas raizes,os fungos recebem sintetizados,como hidratos de carbono. Pelas hifas dos fungos,chegam às raizes o que se encontra dissolvido na água,reforçando-as. Por outro lado,os fungos, pelo seu próprio metabolismo, geram substâncias que podem favorecer a solubilidade de nutrientes,como no caso do fósforo.
Ora, associando-se estes fungos micorrízicos a cerca de noventa por cento das espécies,tudo quanto se faça para o esclarecimento dessa frutuosa relação é bemvimdo. E é dessa natureza o trabalho que vem em Nature Communications 1,de 27 de Julho de 2010,com o título - Mechanisms underlying beneficial plant-fungus interactions in mycorrhyzal symbiosis.

NATUREZA SELVAGEM

Porque ficara impressionado o homem com aqueles registos? Talvez tivesse sido a sucessão de montes pintados de cores violáceas. Mas também o lajedo rochoso,o verde dos prados,o mato florido,a promessa de silêncio. E algumas vezes as gentes. Rudes,talhadas a machado,como o passador.Era este a imagem de um sobrevivente de muitas calamidades e contratempos. Porventura, o modelo de todos os que conseguem,apsar de tantos reveses,ficar à tona. Parece,por vezes,ir submergir para sempre. Mas com um golpe de rins,um salto mais atrevido,uma marcha mais veloz,lá surge ele com maior determinação para viver.Era uma irradiação da natureza selvagem que o rodeava,de onde ele brotara,como que espontaneamente. Muito aprendera com ela. Vira nascer e morrer. Vira armadilhas e cercos. E vira que nem todos se deixaram prender. Certas vezes,fora a sorte que o lograra,outras,a vontade de continuar,de teimar,como ele.Como que fora levado a isso. Aquela beleza rude,dominante,quer ser vista,apreciada,gozada. E só aceita gente forte,corajosa,destemida. É capaz de aborrecer os fracos,os desinteressados,os apáticos,os abúlicos.

TONALIDADES

Numa cor,há várias tonalidades. Pois há quem não as queira distinguir,pondo-as todas no mesmo saco,só por embirração.

MAIS EXACTAMENTE

Aquela brilhante cabeça,tal como o resto,em boa verdade,não eram dele,mas lá a ia utilizando em seu proveito,enquanto podia,mais exactamente,enquanto lhe era permitido.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

FIXAÇÃO E LIBERTAÇÃO DE DIÓXIDO DE CARBONO

Como se sabe,pela fotossíntese, as plantas portadoras de clorofila fixam dióxido de carbono atmosférico,uma parte da qual regressa à atmosfera por via da respiração. A outra parte,maior ou menor,fica retida na forma das mais diversas substâncias orgânicas nos tecidos das plantas. Essa parte ir-se-á libertando na medida da sua decomposição microbiológica,resistindo menos as plantas de vida curta,como as ervinhas,mas muito mais,pela sua longevidade,as árvores. A campeã dessa resistência é a muita matéria orgânica que se foi depositando,ao longo de milhões de anos,nos fundos dos oceanos,e sofrendo sucessivas alterações,transformando-se em carvão mineral,petróleo e gás natural. A resistência acaba,tem o seu triste fim,quando esses materiais fósseis são combustados.

CRÓNICAS RECEITAS

Para o mesmo mal,um mal que se eterniza,as receitas não têm mudado. É isto uma clara evidência de que não têm sido aviadas ou que são necessárias outras. Assim,nada feito. Ainda se pensara que água mole em pedra dura acabasse de a furar. Pura ilusão. O que se tem visto são apenas umas ligeiras mossas,nada mais.
Não haverá volta a dar-lhe? A disposição é só representar? Está bem à vista que muitos o fazem primorosamente,em qualquer palco,na rua mesmo. Talvez por isso muitos teatros tenham ficado às moscas. Para quê lá ir se se tem espectáculo de borla a cada passo,alheio ou próprio? Uma fartura.
Parece, assim,que as receitas estão desajustadas. Têm de surgir outras,mais de acordo com a actual natureza. Mas pode acontecer que,entretanto,todos se transformem em anjos,para quem as crónicas receitas seriam destinadas.

EU PAGO TUDO

Era capaz de ser paixão,mas também podia ser capricho,ou ser nada. Era homem,de facto,para quase tudo. O que quer que fosse,estava associado ,porém,a uma grande distracção. E isso podia acarretar desastres. E foi o que aconteceu,pelo menos,duas vezes.
A paixão,capricho,ou lá o que era,dizia respeito a touradas. Era,ou supunha-se que era,um aficcionado. Ia numa delas sicrano e beltrano,um par de fama. Não podia faltar,só que era já muito tarde. Oh Manel,quero já aqui o carro. Olha que tenho de chegar a tempo. E o condutor tinha de ir a mata-cavalos,com ele sempre a pressionar.
De uma das vezes,foi um pobre que foi desta para melhor. Talvez até lhe tivesse agradecido. Ia a atravessar a estrada. Ora o que me havia de suceder? Isto só a mim. Mas eu não posso ficar aqui.
Oh senhor guarda,eu pago tudo,mas, pela sua rica saúde,deixe-me ir. Não se sabe se foi,mas é muito provável que tivesse ido,pois no carro apenas se notava uma amolgadela sem importância.
Da outra vez,tratou-se de um rebanho de carneiros,uma muralha de respeito. O carro também ficou com muito para contar. E ele ficou muito triste por não poder estar presente.

SERVOS INCAPAZES

Era um senhor incapaz de despedir servos incapazes,talvez por terem sido os servos a contratrarem-se.

SEGUIDORES

Diziam-se seguidores de um mestre que não seguiam.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

ONDAS DO MAR PODERÃO FORNECER ENERGIA À AUSTRÁLIA

In Ruters Brasil

terça-feira, 17 de agosto de 2010 14:37 BRT Por David Fogarty
CINGAPURA (Reuters) - As ondas que arrebentam na costa sul da Austrália contêm energia suficiente para fornecer três vezes a energia necessária ao país, afirmaram cientistas na terça-feira em um estudo que ressalta a escala da energia verde australiana.

Publicada no último número da revista Renewable and Sustainable Energy, a pesquisa vem a público enquanto o país se esforça para se desprender de anos de uso de carvão -- que é barato, mas polui muito - e colocar um preço nas emissões de carbono.
...

MIL FLORES







Do blogue OLHARES DA NATUREZA,de ARMANDO GASPAR

Título do autor

NÃO HAVIA ENGANO

As rosas vermelhsas estavam cansadas,queriam ir dormir. Aquele canto,que fora um encanto,já não era o mesmo de há uns tempos atrás. Mas havia ainda muito Maio pela frente,havia ainda muita promessa a cumprir-se.
E assim,logo ali ao lado,já se tinha desdobrado uma vasta,uma densa mancha,de tonalidade amarela,de um amarelo torrado. Quase se tinha ganho com a troca. Quase. Porque não há quem suplante aquelas rosas vermelhas.
A compor o quadro,viera,também,não muito longe,outra ajuda. As flores aí eram róseas. Mas a ajuda não se ficou por aqui. Uma tira larga de malmequeres brancos quis dar a sua contribuição. E lá mais para diante,os jacarandás já se estavam a preparar para entrar em cena.
Estava-se em Maio,não havia engano.

UMA ESPESSA NÉVOA

O Homem das castanhas. Alto,forte,bonacheirão,de grande cabeça,de olhos congestionados. As castanhas eram assadas em fornos de padaria. Estavam sempre quentinhas,que ele tinha artes. Envolvia-as com sacas de linhagem e folhas de papel de jornal.
Circulava com a cesta suspensa dos seus largos ombros. Os miúdos gostavam dele e ainda mais das castanhas. Para os cativar,que a concorrência era grande,não só da sua mercadoria,mas de várias outras,como tremoços,pevides,alfarrobas,ou reconhecido pela preferência, dava sempre mais uma. Deixava saudades.

O Macaquinho. Esguio,de cabeça pequenina,de andar bamboleante,com as mãos quase a tocar no chão. Era um artista com a bola,pelo que a rapaziada disputava-o. Grupo em que ele entrasse tinha quase certa a vitória. De repente,sumiu-se,para nunca mais ser visto. Pobre do Macaquinho,que tanta falta ficou fazendo.

Uma espessa névoa os envolve,mas ainda se conseguem distinguir. Parecem espectros a desfilar,a acenar,a dizer que vão voltar.

CONFORMAR

Não gostavam do que viam,mas tinham de se conformar,pois não havia por onde escolher.

PARECIA OUTRA

A terra estava muito diferente,até parecia outra,mas as pessoas que lá viviam não tinham mudado.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

ENERGIAS ALTERNATIVAS NA REVISTA SCIENCE

A edição de 13 de Agosto de 2010 traz uma secção dedicada a energias alternativas,onde se analisam alguns dos seus prós e contras,que nada é perfeito. Dos contras,fazem parte danos a edifícios históricos,agressões à paisagem e à vida selvagem,incentivar de abalos de terra,poluição de aquíferos,encargos pecuniários pesados,enfim,maldades de que as clássicas energias estão isentas. É só ir lá desencantá-las,nos fundos em que se encontravam,e ainda encontram,não se sabe por quanto mais tempo,e já está.

NOVA DESTRUIÇÃO DE VIDEIRAS TRANSGÉNICAS EM FRANÇA

Trata-se de videiras resistentes ao virus do nó-curto,obtidas no INRA,Instituto Nacional de Investigação Agronómica,França.

In Science et Avenir,de 16 de Agosto,de 2010.
http://www.sciencesetavenir.fr/actualite/nature-environnement/20100816.OBS8556/nouvelle-attaque-contre-la-vigne-ogm-de-colmar.html

OUTRA MORADA

"It's time to abandon Earth". Vindo de quem vem,Stephen Hawking,uma ideia destas pode querer significar que isto aqui não tem solução,já deu o que tinha a dar,e que muita gente anda muito incomodada com a vizinhança.
Assim,o que há a fazer é procurar outra morada onde não cheguem os maus cheiros que por cá se sentem. A selecção dos habitantes do novo condomínio será fácil, pois as viagens irão ficar um bocadinho carotas.

CONTAS DE SACO

Vinham de grandes distâncias,à pata,e para lá chegar,ao mercado,tinham de vencer ladeira íngreme. Traziam, à cabeça,cestinhos de verga,cobertos com panos brancos. Branco era também o que lá dentro se encontrava. Queijinhos frescos,de cabra e de ovelha. Expunham-nos em sítio certo,reservado. A concorrência era grande,para gáudio do consumidor.
Não ganhariam para as solas,não contando com o estirão da caminhada,rematada com um final a trepar,com o tempo dela e o da venda. Contas de saco. Mesmo assim,valer-lhes-ia a pena. Sempre eram umas moeditas,uma fortuna. E,depois,talvez o mais importante,vinham até à cidade.

DE MOLHO

Lembravam palafitas as casas de madeira dos pescadores da beira-rio. Os desvãos serviam de armazéns dos apetrechos da faina e de galinheiro. Em anos de cheia alta,a água punha tudo aquilo de molho. De fronte,ficavam os ancoradouros dos barcos,a remos, e também a vara,para travessias de pouco calado.
Tinham bancas no mercado,em lugar à parte. Nada de misturas com o peixe do alto. Lá figuravam,consoante a época,o barbo,a enguia,o sável. Pena era que a maioria tivesse tanta espinha.

O FIM

"Vivera de leve",na esperança de que o fim não lhe pesasse.

DIVERTIR

Procurava divertir,divertindo-se.

domingo, 15 de agosto de 2010

A COR DOS OCEANOS PODE AFECTAR A FORMAÇÃO DE FURACÕES


É a conclusão de um estudo publicado em Geophysical Research Letters,a que Science Daily,de 14 de Agosto,de 2010,se refere. A cor dos oceanos está relacionada com a quantidade de fitoplancton,que,como se sabe,é portador de clorofila.

In http://www.sciencedaily.com/releases/2010/08/100813121916.htm

Imagem da NASA, retirada de Science Daily.

VOLTA AO MUNDO

O carro avariara. Fiquem aqui,que eu vou procurar quem nos acuda.
Aqui,era uma estrada de lá passar um,uma vez por outra. Já estava cansado,quando alguém lhe deu um número de telefone. Pode ser que atenda. Estava com sorte. São só uns minutos. Vá ter com a família.
Era um homem de uns cinquenta anos. Viera de táxi,o seu táxi. Já se vai ver. Viu e deu logo com a mazela. Fiquem aqui,que ainda hoje hão-de chegar a casa. É só ir à minha oficina. Veio e pôs o carro a andar. Como ficou agora,vai ter carro para fazer a volta ao mundo.
Era também um homem muito conversador,cheio de certezas,de convicções. Um ateu consumado,de grandes bigodes.
Então,quanto é? Lá disse quanto era. Mas isso não é nada,nem dá para a gasolina. E os gastos na oficina,e os clientes que perdeu? Contas eram contas e a dele era aquela,uma simples lembrança.

COISA RARA

Ter passado por uma situação de naufrágio,e,depois,passar a maltratar o salvador, não será coisa rara.

MUITO AGRADECIDO

Num mundo de tanta miséria,quem da miséria se livrou devia estar muito agradecido.